Ultimas Notícias

Assembleia Conjunta retoma debates sobre revisão do Código de Ética Odontológica

07/11/2017 11h24 | Atualizado em: 09/11/2017 12h22

A Assembleia Conjunta do Conselho Federal de Odontologia (CFO) com os presidentes dos Conselhos Regionais de Odontologia foi retomada no dia 6 de novembro, em Brasília, para continuar os debates sobre a revisão e a atualização do Código de Ética Odontológica, iniciados em julho deste ano. A meta é discutir e unificar as propostas de alteração do Código de Ética Odontológica.

Na abertura dos trabalhos, o presidente do Conselho Federal de Odontologia ( CFO), Juliano do Vale, registrou a criação da Frente Parlamentar da Odontologia e convidou todos os representantes dos conselhos regionais a entrar em contato com os deputados federais dos seus estados para sensibilizá-los sobre a adesão a Frente. “A repercussão tem sido muito positiva entre os deputados. Há exemplos de parlamentares manifestando espontaneamente o interesse em participar. A Frente é suprapartidária e atua como um elo entre os demandantes e os seus representantes no Legislativo”, explicou o presidente do CFO.

Ele informou que, entre os mais de 300 parlamentares que já aderiram à Frente, sete são dentistas. “Todos já aderiram à Frente”, reforçou Vale. Observou que atuação da Frente independe das opiniões individuais dos integrantes do CFO sobre a classe política. “ O nosso partido é o da Odontologia”, ressaltou.

O conselheiro do Rio Grande do Sul, Márcio Redmann, anunciou um evento que será realizado em São Paulo, nos dias 24 e 25 de novembro, na Casa da Odontologia Paulista, na av. Pacaembu nº 732, na capital. Segundo ele, será um fórum das câmaras técnicas e da Comissão de Odontologia do Trabalho.

Haverá palestras e debates sobre o projeto de lei (PL) 422/2007, que se encontra na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara dos Deputados, com parecer pela rejeição do deputado Paes Landim (PTB-PI). Como lembrou Redmann, o projeto inclui o cirurgião dentista nas equipes de saúde ocupacional, encarregadas dos exames admissionais e para demissão de funcionários nas empresas “ Há dados de empresas que estimam que cerca de 40% das faltas dos empregados decorrem de causas odontológicas”, afirmou Redmann.

As propostas e a discussão para alterar o Código de Ética Odontológica estão sendo coordenadas pelo presidente da Comissão Especial, Luiz Evaristo Ricci Volpato (CRO-MT), Roberto de Sousa Pires (CRO-PA) e Outair Bastazini (CRO-RJ).

Fonte: CFO

Comentar

  • Nome: *
  • E-mail: *
  • Website/blog: (ex: http://www.seublog.com.br)
  • Mensagem: *
  •  

Comentários ()

  • Nenhum comentário publicado.
602 Sul, Av. LO 15, Conjunto 02, Lt. 02
CEP: 77.022-008 | Palmas - TO
(63) 3214-4335 / (63) 3214-3736 (63) 9 9928-8177 [email protected]

Copyright © 2013 CRO-TO. Todos os direitos reservados