Ultimas Notícias

CRO-TO apoia a campanha nacional "Projeto de Coleta de DNA para busca de Pessoas Desaparecidas"

22/06/2021 15h13 | Atualizado em: 22/06/2021 16h53

Georgiana Ferreira Ramos, Perita Oficial e Odontolegista do IML de Palmas e Dr. Rafael Marra Soares, Presidente do CRO-TO
Georgiana Ferreira Ramos, Perita Oficial e Odontolegista do IML de Palmas e Dr. Rafael Marra Soares, Presidente do CRO-TO
O Presidente do CRO-TO, Dr. Rafael Marra Soares, nesta última sexta-feira, 18, fez uma visita ao Instituto Médico Legal de Palmas – IML e esteve com a Perita Oficial e Odontolegista do IML, Dra. Georgiana Ferreira Ramos.

O intuito da visita foi reforçar pessoalmente o apoio a campanha nacional “Projeto de Coleta de DNA para Busca de Pessoas Desaparecidas.”

A coleta faz parte da campanha nacional “Projeto de Coleta de DNA para Busca de Pessoas Desaparecidas”, realizada pela Rede Integrada de Banco de Perfis Genéticos, da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça, com o apoio dos vinte e sete estados que possuem laboratórios de Genética Forense.

A coleta é voluntária, onde o familiar assina o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido antes da coleta. A coleta é realizada de preferência com parentes de primeiro grau, ou seja, pai, mãe, filho, tios e tias e caso não tenha mais ninguém por parentes mais distantes. O procedimento é rápido e indolor, no qual uma esponja é passada na bochecha da pessoa para pegar as células da mucosa.

No Tocantins, além da capital, há no total onze pontos de coleta de DNA, sendo o IML de Gurupi um dos pontos. O período da campanha foi até o dia 18, no entanto, os núcleos continuarão coletando este material em período posterior.

Para a Dra. Georgiana Ferreira, Perita Oficial e Odontolegista do IML, esse projeto é de grande importância, pois, aumentarão as chances da identificação de pessoas desaparecidas a partir da inserção de dados no Banco Nacional de Perfil Genético. Essas informações genéticas dos familiares serão permanentemente confrontadas com os dados genéticos de cadáveres não identificados.

“O CRO-TO apoia e parabeniza a iniciativa desta campanha nacional de coleta de DNA, além de acreditar que ações como essa, aumentarão o índice de localização de pessoas desaparecidas no Tocantins, haja vista que, conforme estatística divulgada, o nosso estado tem o menor índice de localização”, disse o Presidente do CRO-TO, Dr. Rafael Marra.

Na oportunidade, o presidente do CRO-TO e também Odontolegista, Dr. Rafael Marra, ressaltou a importância do profissional com especialidade em Odontologia Legal dentro dos IMLs. O trabalho realizado no dia a dia por esse profissional com treinamento específico na área odontológica é fundamental, uma vez que, mesmo quando não é possível identificar um indivíduo pela arcada dentária, a análise antropológica e biotipológica realizada, funciona como um filtro, restringindo o universo de supostos para realização do exame genético (DNA), minimizando assim os custos para o estado. 

Fonte: CRO-TO / Instituto Médico Legal de Palmas

Comentar

  • Nome: *
  • E-mail: *
  • Website/blog: (ex: http://www.seublog.com.br)
  • Mensagem: *
  •  

Comentários ()

  • Nenhum comentário publicado.
602 Sul, Av. LO 15, Conjunto 02, Lt. 02
CEP: 77.022-008 | Palmas - TO
(63) 3214-4335 / (63) 3214-3736 (63) 9 9928-8177 [email protected]

Copyright © 2013 CRO-TO. Todos os direitos reservados